Britânicos consomem alimentos ligados ao desmatamento no Brasil

Investigação jornalística britânica mostra como a soja ligada à destruição da Amazônia e do Cerrado chega, de forma indireta, à mesa dos consumidores

Chocolates, queijos e manteigas. Investigação feita pela mídia britânica revela como vários produtos consumidos em grandes quantidades no Reino Unido estão ligados ao desmatamento da Amazônia e, principalmente, do Cerrado.

Tudo porque a soja plantada em áreas desmatadas é misturada aos grãos certificados e são usados em grandes quantidades todos os dias para alimentar o gado usado para produção de leite no Reino Unido. De acordo com a reportagem, os britânicos importam por volta de 2,6 milhões de toneladas de soja para alimentação dos animais todos os anos. E 30% é comprado do Brasil, principalmente de áreas de Cerrado.

Tanto o governo brasileiro quanto empresas que vendem soja para o exterior citadas pela reportagem afirmaram que cuidam de todos os elos da cadeia e que não usam grãos de áreas desmatadas ilegalmente. A ração dada ao gado no Reino Unido contém 2% de soja, mas, segundo a reportagem, o impacto dos grãos, usado para estimular a produção de leite, é grande.  


Este conteúdo pode ser republicado livremente em versão online ou impressa. Por favor, mencione a origem do material. Alertamos, no entanto, que muitas das matérias por nós comentadas têm republicação restrita.

Aqui você encontra notícias e informações sobre estudos e pesquisas relacionados à questão do desmatamento. O conteúdo é produzido pela equipe do Instituto ClimaInfo especialmente para o PlenaMata.

Se você gostou dessa nota, clique aqui e assine a Newsletter PlenaMata para receber o boletim completo diário em seu e-mail.