Governo brasileiro estuda impacto de proposta europeia para barrar commodities de áreas desmatadas

Ameaçado por controles contra o desmatamento, governo estuda apelar para a OMC

A União Europeia preparou uma proposta de lei para certificação da origem de commodities importadas por seus países-membros. O governo Bolsonaro está acompanhando a formulação da proposta, que deve ser apresentada formalmente em novembro, avalia seu teor e analisa como poderá ter impacto nas exportações brasileiras à Europa. As commodities incluídas no projeto são carne bovina, soja, café, cacau, madeira e óleo de palma. A diplomacia brasileira também quer verificar se as regras propostas pela UE são compatíveis com as do comércio internacional, informa o Valor Econômico.

O secretário-adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Flávio Bettarello, afirmou que discordam “por acreditar que o comércio já está bem regulado pelas regras da Organização Mundial do Comércio [OMC] e que a sustentabilidade não passa por possíveis restrições ao comércio”, disse, acrescentando: “Não adianta só imposição adicional. Isso não é sustentabilidade, é barreira ao comércio”.

Vale lembrar que 63% das áreas desmatadas na Amazônia viraram pasto e lavoura, conforme matéria do Globo Rural do começo do ano.

A Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG) recebeu a notícia com tranquilidade. “Não tem novidade nenhuma. Eles já vinham falando isso há muito tempo”, disse o presidente da ABAG, Marcello Brito, também ao Valor Econômico. “Não vejo muito impacto [no comércio brasileiro]. O desmatamento que ocorre no Brasil, hoje, está muito mais ligado à grilagem de terra e ao patrimonialismo do que com a expansão do agronegócio.” Para ele, tanto as exportações de óleo de palma quanto de café podem ganhar competitividade com as novas regras.


Este conteúdo pode ser republicado livremente em versão online ou impressa. Por favor, mencione a origem do material. Alertamos, no entanto, que muitas das matérias por nós comentadas têm republicação restrita.

Aqui você encontra notícias e informações sobre estudos e pesquisas relacionados à questão do desmatamento. O conteúdo é produzido pela equipe do Instituto ClimaInfo especialmente para o PlenaMata.

Se você gostou dessa nota, clique aqui e assine a Newsletter PlenaMata para receber o boletim completo diário em seu e-mail.