Proteção da Amazônia deve ser prioridade para candidatos à presidência em 2022, mostra pesquisa

O futuro da Amazônia e a preocupação com os índices crescentes de desmatamento deixaram de ser um tema menor para grande parte do eleitorado.

O futuro da Amazônia e a preocupação com os índices crescentes de desmatamento deixaram de ser um tema menor para grande parte do eleitorado. Como escreve André Borges no Estadão, “a proteção da maior floresta tropical do mundo pode não ter a mesma urgência para o cidadão diante de sua necessidade de arrumar um emprego, por exemplo, mas o fato é que a questão ambiental ganhou um peso que nunca teve na hora decidir o voto.” Isto porque uma pesquisa feita pelo PoderData, a pedido do Instituto Clima e Sociedade, mostrou que 80% dos brasileiros avaliam que o cuidado com a floresta precisa estar entre as pautas prioritárias dos candidatos à presidência em 2022.

Comentando a pesquisa, a cientista política Magna Inácio, professora do Departamento de Ciência Política da UFMG, disse ao Estadão: “É inegável que há uma preocupação crescente com a temática ambiental e isso demonstra que nenhum candidato poderá ignorar isso. É claro que, para o eleitor, o impacto do desempenho econômico, as oportunidades de trabalho e a capacidade de consumo são temas mais concretos e palpáveis, mas a agenda ambiental também passou a ser incorporada pela perspectiva econômica (…) Sem a floresta não há chuvas, por exemplo, e isso mexe com a produção. Todos sentem o impacto.”

E a diretora do iCS, Ana Toni, comentou: “Pela primeira vez, temos uma pesquisa que mostra a ligação entre a proteção da floresta e as eleições, revelando que há, sim, uma vontade dos brasileiros de votarem em candidatos que tenham essa bandeira”. Para Ana Toni, “a agenda se tornou político-partidária e os partidos vão ter que reagir a ela”.

Seguem os principais resultados da pesquisa:

– 80% dos brasileiros avaliam que a proteção da Amazônia deve ser uma prioridade para os candidatos à Presidência da República em 2022.

– 58% afirmam que, se um candidato à Presidência da República apresentar um plano específico para a proteção da Amazônia, aumentaria chances de atrair seu voto.

– 89% afirmam que é preciso conservar a floresta amazônica porque ela é a maior riqueza do Brasil.

– 71% afirmam que o presidente Jair Bolsonaro não está trabalhando bem para proteger a Amazônia.

– 87% afirmam que Congresso Nacional não está trabalhando bem para proteger a Amazônia.

A matéria do Poder 360 traz infográficos bastante interessantes sobre a pesquisa. O site EcoDebate também comentou a pesquisa.

Em tempo: Para marcar o Dia da Amazônia, mais de 30 artistas se uniram para cantar uma música em defesa da preservação da floresta e da proteção do meio ambiente. Com letra de Carlos Rennó e música de Nando Reis, a ”Canção pra Amazônia” contou com a participação de Arnaldo Antunes, Caetano Veloso, Chico César, Daniela Mercury, Elza Soares, Gal Costa, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Milton Nascimento, Criolo e muitos outros.

Se você gostou dessa nota, clique aqui e assine a Newsletter PlenaMata para receber o boletim completo diário em seu e-mail.